Procedimento realizado para correção das orelhas em abano, a partir dos 7 anos de idade, no qual trata-se a alteração específica encontrada em cada caso, podendo ser realizada com anestesia local.

Podem ser corrigidas ainda algumas malformações das orelhas, tais como hipertrofia de conchas ou apagamento de anti-hélice, tornando a orelha mais estética.

Realiza-se também a  correção da orelha rasgada (fissura de lóbulo de orelha) em conjunto, ou não, com a otoplastia.

A recuperação é rápida, permanecendo com edema (inchaço) por cerca de 15 dias. Durante o período de pós operatório recomenda-se o uso de uma faixa modeladora somente para dormir, a fim de evitar traumas a orelha recém operada.

Utilizamos curativo somente nas primeiras 24 horas, não sendo necessário o uso após este período.

Geralmente o pós operatório é tranquilo, com pouco desconforto local facilmente controlado com medicações comuns.

plastica-otoplastia