Aumento Mamário

O aumento das mamas com implantes de silicone, em conjunto com a lipoaspiração, é cirurgia mais realizada no Brasil. Na última pesquisa, representou 21% de todas as cirurgias plásticas estéticas realizadas. É uma cirurgia segura, realizada em menos de 1 hora em ambiente hospitalar,  sob anestesia local com sedação, na qual a paciente recebe alta cerca de 4 horas após, com pouco desconforto pós-operatório.

Geralmente se retoma as atividades usuais em 7 dias, necessitando um pouco mais de tempo para retomar as atividades físicas.

A escolha do tamanho adequado de silicone a ser utilizado passa por uma ampla conversa entre a paciente e o cirurgião plástico, a fim de que se chegue a um consenso entre o desejo com as possibilidades técnicas. Atualmente utilizamos um simulador 3D (Crisalix) com o qual é possível, a partir de 3 fotos da paciente, visualizarmos como ficarão os diferentes implantes em um modelo tridimensional da paciente, o que facilita a escolha do tamanho e da posição da prótese.

Além disso, o volume do implante é somente um dos parâmetros utilizados para se obter o resultado desejado, devendo ser combinado com a posição do implante (retro-glandular, retro-muscular ou dual plane), a via de acesso (por onde o implante é colocado – sulco submamário, aréola ou axila), o perfil do implante (moderado, alto ou super alto) e a necessidade do tratamento do excesso de pele ou de ptose (queda) da mama.

Em nossa prática, utilizamos somente próteses Mentor (Jonhson & Jonhson), as quais são liberadas para uso no EUA pelo FDA há mais de 10 anos.

Confira o vídeo informátivo

reducao-de-mamas