Celulite é um problema que acomete a grande maioria das mulheres. Apresenta-se como pequenas ondulações na pele até deformidades importantes com muitas irregularidades, depressões, dor e inchaço. As causas são variadas e há um forte componente genético. Um conjunto de alterações ocorre abaixo da pele e nas células que acaba determinando um grau maior ou menor de celulite e sua repercussão estética.

Casos menos graves podem apresentar melhora com mudanças de hábitos como manter peso ideal, praticar atividade física regular, não fumar, tomar bastante líquidos e hidratar bem a pele. Cuidados fisioterápicos podem ajudar em casos menos intensos. Drenagem linfática, uso do ultra-som, endermologia usando sistemas de vácuo e massagem, algumas vezes associados com laser, equipamentos que emitem infra-vermelho e rádio-frequência são alguns dos recursos utilizados para a melhora da celulite.

Quando a celulite é mais intensa, uma nova técnica utilizando um tipo especial de laser (laserlipólise) associado com enxertos de gordura pode atenuar as deformidades. O laser rompe algumas células de gordura, baixando as áreas elevadas e ao mesmo tempo estimula a produção de colágeno na região comprometida. Pequenos enxertos de gordura são utilizados ao mesmo tempo, preenchendo as áreas fundas, características da celulite. O grau de melhora depende de cada caso. Sempre é prudente recordar que a celulite é um problema crônico e progressivo.

celulite