Rejuvenescimento Facial

O envelhecimento facial é produzido por um conjunto de fatores. Causas externas como exposição exagerada ao sol, tabagismo e vida sedentária levam a um envelhecimento precoce da pele. Fatores genéticos também contribuem para o envelhecimento da face e corpo.

O tratamento visando o rejuvenescimento facial depende, fundamentalmente de uma avaliação médica cuidadosa e detalhada de cada caso. É importante avaliar a qualidade da pele, sua textura, presença de rugas e sulcos, entre outros. Muitas alterações somente são corrigidas ou atenuadas através de procedimentos cirúrgicos. Outras, podem ser melhoradas com recursos não cirúrgicos. A combinação de cirurgias pouco ou menos invasivas representa hoje uma tendência na busca de um rejuvenescimento facial que leve a  um resultado natural e sem exageros.

  • Cirurgia das pálpebras (blefaroplastia), cirurgia da face e percoço (lifting ou ritidoplastia), plástica de nariz (rinoplastia), correções cirúrgicas do lábio, lipoaspiração a laser na papada são apenas alguns dos diversos recursos cirúrgicos que levam a um rejuvenescimento facial.
  • Aplicação de toxina botulínica na suavização de rugas de expressão e preenchimento de sulcos, lábios ou maçås do rosto podem ser realizadas com ácido hialurônico ou gordura.
  • Peelings químicos, peeling crystal e microdermoabrasão melhoram a qualidade da pele e levam a uma rápida recuperação.
  • Diferentes tipos de lasers atuam melhorando manchas, vincos, produzindo colágeno, apagando maquiagens borradas, tratam pequenos e inconvenientes vasinhos ou excesso de pelos, contribuindo para o rejuvenescimento facial.
rejuvenescimento-facial